Impacto da pandemia no mercado imobiliário

Impacto da pandemia no mercado imobiliário

Ainda não é possível mensurar o impacto da pandemia no mercado imobiliário. Afinal, há muitas incertezas sobre a intensidade e duração da crise em um período em que o setor se recuperava de uma forte recessão.

A construção civil é considerada uma atividade essencial, não havendo uma paralisação significativa nas obras de novos lançamentos imobiliários, no entanto, o ritmo das obras foi reduzido. Ainda assim, segundo o Ministério da Economia, a construção civil foi o setor que mais gerou empregos no país em 2020, podendo gerar mais 200 mil oportunidades de emprego este anoApesar do cenário desafiador imposto pela pandemia, especialistas asseguram que o setor imobiliário está na fase de recuperação. Portanto, a partir deste ano vamos acompanhar a retomada do setor e a perspectiva é de crescimento nos próximos anos. 

Para incentivar a retomada do crescimento do setor será preciso oferecer maior facilidade ao crédito para financiamento imobiliário, promover o aumento do poder de compra e confiança dos consumidores e dos investidores, bem como a valorização de imóveis em boas localizações.


Tendências do mercado imobiliário pós-pandemia


Entenda o impacto da pandemia no mercado imobiliário e as tendências imobiliárias  pós-pandemia.

Investir em imóveis

A redução na taxa de juros incentiva a compra de imóvel como investimento, movimentando o setor mesmo na pandemia. De acordo com dados da pesquisa FipeZap, quase 50% dos brasileiros investiram na compra de imóveis no último trimestre de 2020, sendo que 72% desses investidores buscavam obter renda por meio de aluguel e os outros 28% esperam a valorização para venda do imóvel, isso porque a rentabilidade a longo prazo é um dos principais atrativos do setor. 

Transformação digital

É evidente que o mercado imobiliário está passando por uma profunda transformação. O trabalho remoto se tornou uma realidade, assim como o uso de novas tecnologias, como as visitas online, o tour 360º e o uso de aplicativos de gestão imobiliária se popularizaram, tornando a tecnologia uma importante aliada do setor imobiliário.

Um levantamento feito pelo Grupo ZAP, realizado com pessoas que estavam à procura de imóveis para comprar ou alugar, mostrou que 38% delas estavam abertas à ideia de visitação online, feita a partir de plataformas de vídeos, e 37% aceitariam fazer um tour 360º em imóveis. 

Novos lançamentos

As construtoras e incorporadoras já se anteciparam à tendência positiva, aumentando suas metas de lançamentos e investindo em inovações para reduzir custos e conter a alta de preços para movimentar as vendas do setor.

De acordo com dados divulgados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o mercado imobiliário apresentou um aumento de 57,5% nas vendas e crescimento de 114,1% em lançamentos no 3º trimestre de 2020, em comparação ao trimestre anterior.

Projetos imobiliários sustentáveis

A pandemia impactou também os hábitos de consumo, influenciando no perfil de empreendimentos imobiliários que os consumidores buscam. Projetos imobiliários sustentáveis que utilizem energias limpas e renováveis é outra forte tendência.

Com a consolidação do home office, as buscas por empreendimentos imobiliários com infraestrutura completa aumentam, bem como por imóveis próximos a áreas verdes e mais distantes dos grandes centros. 

Acompanhe o blog da Passeio Endereços para ficar por dentro de todas as novidades sobre o mercado imobiliário.