Como será o futuro dos escritórios?

Como será o futuro dos escritórios?

Diante das profundas mudanças impulsionadas pela transformação digital e aceleradas pela pandemia, o futuro dos escritórios está sendo debatido. Cada vez mais, as empresas compreendem a importância de investir em empreendimentos imobiliários comerciais inovadores, pensados para funcionar de maneira eficiente para as pessoas. 

O estudo "Citrix Workplace of the Future"  revelou que o ambiente de trabalho do futuro terá espaço físico reduzido com poucas mesas em um ambiente colaborativo que permite um modelo de trabalho híbrido, tanto presencial como remoto. 

O ambiente de trabalho do futuro também deve inspirar a criatividade e incentivar a colaboração entre os funcionários. Dessa forma, os escritórios do futuro ajudam a fomentar um ecossistema de inovação e estimulam a geração de novos negócios na região onde estão localizados, proporcionando espaços mais humanos, sustentáveis e funcionais.



Tendências escritórios do futuro

Estima-se que o futuro do trabalho foi antecipado em, pelo menos,10 anos. Com isso, as empresas precisam adaptar rapidamente os ambientes de trabalho para que os escritórios do futuro proporcionem mais qualidade de vida para as pessoas e redução de custos para as organizações.

O futuro dos escritórios é flexível. Confira as principais tendências do futuro dos escritórios.

Modelo híbrido de trabalho

As medidas de isolamento social para conter o avanço do coronavírus fez com que as empresas adotassem o trabalho remoto de forma emergencial, tornando o home office uma tendência que deve permanecer no novo normal. Por isso, o modelo de escritórios híbridos que possibilitam oportunidades de trabalho mais acessíveis e flexíveis para que os funcionários possam combinar o trabalho em casa com o trabalho em um escritório ou de qualquer outro local, tendem a ser mais procurados por empreendedores. 

Trabalho remoto

O home office deve permanecer sendo uma forte tendência para o pós-pandemia pelo fato de proporcionar liberdade de trabalhar de onde quiser, seja na sede da empresa, que pode ser um escritório tradicional ou flexível ou em um coworking perto de casa e até em uma cidade do outro lado do mundo. Iniciativa que contribui para otimização de custos das organizações.

Ambientes compartilhados

Com a retomada gradual dos profissionais aos escritórios, deve crescer o aumento por escritórios com ambientes compartilhados que mantenham as recomendações de higienização e distanciamento, garantindo mais segurança, redução de custos para organizações, flexibilidade e adaptação às necessidades dos colaboradores.

Moradia próxima ao escritório

O home office foi adotado por cerca de 46% das empresas brasileiras durante a pandemia, segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19, feita pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Por esse motivo, outra tendência dos escritórios do futuro é que devem estar localizados próximos à moradia dos profissionais e com acesso prático a serviços essenciais. Iniciativa que proporciona menos tempo de deslocamento de casa ao trabalho. 

Acompanhe o blog da Passeio Endereços para ficar por dentro de todas as novidades sobre o mercado imobiliário.